C   redit
Eu realmente devo ter problemas, daqueles são sérios que as pessoas correm pra longe quando acabam descobrindo. Tenho um amor, carinho, palavras sinceras e beijos apaixonados, e a unica coisa que faço é fugir. Fujo dessa agonia que me dá, dessa desconfiança que me sufoca, nessa loucura de estar olhando para o amor.
— Fernanda Lustosa
1 | Reblog
Eu gosto do jeito que você me irrita, eu gosto de quando você sorri espontaneamente, eu gosto de quando você me abraça, eu gosto de quando você diz que sentiu a minha falta. Isso demostra que você se importa de verdade comigo.
Together, remember?  (via rubidea)
Quando uma pessoa quer estar com você, ela estará com você. Não existirá desculpa, drama, dor de cabeça, nada. Absolutamente nada.
Tati Bernardi (via eternue)
Acho que te devo um pedido de desculpas. É que nem eu mesmo gosto muito de mim, e fico meio assustado quando alguém me diz que consegue isso. É que você parecia minha amiga, só minha amiga. Você fala como uma amiga. Me cumprimenta como amiga. Me telefona e me convida para cinemas como uma amiga. Seu riso é de amiga. O seu abraço é de amiga. Nada além de amiga, entende? Amiga? Sei que andei falando coisas sem pensar. Me esforcei pra deixar quieto, ficar de boca calada, não fazer merda. Quase deu certo. Você sabe, sou meio blá. Olha, sei que andei falhando todas essas vezes, nos últimos meses. Em minha defesa, não era bem eu. Só estava tentando ser uma outra coisa, sei lá, algo que pudesse merecer você. Como eu poderia adivinhar que alguém como você gostaria de mim, assim desse jeito atrapalhado que eu sou? Um dia, eu sei, você vai entender os meus motivos. E talvez eu os entenda também. Você estava meio etílica, mas sei que foi honesta, pelo menos na hora em que disse aqueles troços. Não sei o nome disso que estamos sentindo um pelo outro e também não me importa. Pode ser o ápice ou o precipício, e tudo bem. E também não sei se teremos habilidade para cultivar isso por três semanas ou por três décadas inteiras. Só sei que agora estou interessado em saber como será o próximo passo.
Gabito Nunes. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)
Só fica comigo, tá? Mesmo se eu vacilar, mesmo se eu te mandar embora, se eu fizer a maior burrada do mundo. Fica comigo. Porque eu preciso do seu amor, preciso do seu carinho, do seu afeto, e mais do que tudo, eu preciso de você. Só fica, tá bom? Não vai embora, por favor.
Because I love you. (via apagou)
Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar também.Tá me entendendo? Eu sei que sim. Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena. Remar. Re-amar. Amar.
Caio Fernando Abreu.  (via alentador)
Mas que diabos significa “instantâneo”? Nada é instantâneo. Arroz instantâneo leva cinco minutos, pudim instantâneo uma hora. Duvido que um instante de dor intensa pareça instantâneo.
Quem é você, Alasca?   (via inverbos)
Um dia eu vou deixar de te amar e vai ser nesse dia que você vai me querer, e é ai que eu vou te mostrar a mulher que você perdeu enquanto ficava com essas novinhas.
Para alguém que talvez nunca irá ler. (via capacitadora)
-Você o ama?
-Eu acordo e vou dormir com ele no meu pensamento. Se isso não é amor, o que mais pode ser?
Requiz. (via eternue)